As novidades chegam primeiro aqui.
Grupo Tectonny

Saúde e Beleza

Decotes e fendas de Alessandra Ambrosio, Izabel Goulart e outras tops na amfAR

iG São Paulo

As modelos arrasaram no tapete vermelho do baile de gala armado em Milão nesse sábado (20). Veja os looks!

                    VEJA AQUI TODAS AS NOTÍCIAS DE MODA



“A depressão dele acabou com o nosso sexo”

Fátima Protti

Problema interfere diretamente na libido de homens e mulheres. Sexóloga dá dicas para enfrentar essa situação

“Há seis meses namoro um homem dez anos mais velho e ele está acometido de depressão. Já teve síndrome de pânico no passado e isso também interfere na condição física dele. Nós nos damos muito bem, amo conversar e abraçar, contudo nossas relações sexuais acabaram a pedido dele. Por um tempo respeitei, mas ele não para de falar que morre de vontade de fazermos amor de novo. Agora que estou mais carinhosa, ele vem me rejeitando e me repelindo, mal sabe que, ao ser tocada, fico toda excitada. Não sei como ajudá-lo e nem se estou num relacionamento que pode me machucar muito. Você pode me auxiliar?”

Cara leitora: não entendi quando diz que seu namorado tem problemas físicos decorrente do transtorno de pânico. Mas, sabe-se que 60% das pessoas que sofrem em longo prazo desse transtorno, apresentam depressão.

A depressão interfere diretamente na libido. A autoestima fica comprometida, surge perda de energia, de interesse por pessoas e atividades em geral, incluindo o sexo. Nessas condições, a pessoa não consegue sentir motivação e prazer em nada que está em volta.

Algumas medicações usadas para o tratamento da depressão, principalmente os antidepressivos que aumentam a serotonina no cérebro, levam à ausência ou à diminuição do desejo sexual. Em outros casos, as medicações podem dificultar a ocorrência do orgasmo e a ejaculação.

Enfim, o sexo exige disposição física e psíquica. Além disso, durante a prática sexual principalmente, ao se aproximar do orgasmo, algumas sensações como taquicardia e sudorese, são semelhantes aos sintomas ocorridos no transtorno de pânico podendo provocar um comportamento evitativo.

Segundo seu relato, o comportamento evitativo do seu namorado aparece assim que você se mostra carinhosa, ou seja, quando sinaliza a possibilidade de uma maior intimidade. Essa atitude mostra que ele não tem motivação alguma para o sexo, seja pelo quadro depressivo ou para evitar sensações que reconhece como semelhantes das crises de pânico, deixando-o inseguro ou temeroso. Somente um tratamento adequado com medicação e terapia pode ajudá-lo a sair desse quadro depressivo.

Quanto às suas chances de se machucar isso está diretamente associado ao tempo e a possibilidade ou não de recuperação, exigindo de você uma espera sem certeza alguma. Pense nisso!

* Fátima Protti é psicóloga, terapeuta sexual e de casal. Pós-graduada pela USP e autora do livro “Vaginismo, quem cala nem sempre consente”. Escreva para a colunista: [email protected].


Depois de Sophie Charlotte, Isabelle Drummond circula com bracelete de R$ 23 mil

iG São Paulo

A atriz da novela “Geração Brasil” foi fotografada com o square cuff em ouro amarelo 18k da coleção Tiffany T num shopping center do Rio

Isabelle Drummond foi fotografada com o Square cuff em ouro amarelo 18k da coleção Tiffany T

Isabelle Drummond foi fotografada com o Square cuff em ouro amarelo 18k da coleção Tiffany T

Foto: Marcello Sá Barreto/AgNews

O bracelete de Isabelle Drummond custa R$ R$ 23.760,00

O bracelete de Isabelle Drummond custa R$ R$ 23.760,00

Foto: Marcello Sá Barreto/AgNews

Isabelle Drummond é mais uma famosa que se encantou pela peça

Isabelle Drummond é mais uma famosa que se encantou pela peça

Foto: Marcello Sá Barreto/AgNews

Dias antes, Sophie Charlotte circulou com o cobiçado bracelete da nova coleção Tiffany T

Dias antes, Sophie Charlotte circulou com o cobiçado bracelete da nova coleção Tiffany T

Foto: AgNews

Sophie Charlotte usou a joia para ir a uma sorveteria

Sophie Charlotte usou a joia para ir a uma sorveteria

Foto: AgNews

O bracelete Square cuff, em ouro amarelo 18k, tem mecanismo especial para abrir e fechar

O bracelete Square cuff, em ouro amarelo 18k, tem mecanismo especial para abrir e fechar

Foto: Divulgação

A atriz soube combinar a poderosa - porém discreta - joia da Tiffany com o vestido reto e rasteirinhas

A atriz soube combinar a poderosa – porém discreta – joia da Tiffany com o vestido reto e rasteirinhas

Foto: AgNews

Outra famosa se encantou pelo bracelete em ouro amarelo 18k da coleção Tiffany T, da Tiffany. Uma semana após Sophie Charlotte circular com a joia que custa R$ 23.760,00, foi a vez de Isabelle Drummond aparecer com a peça no braço.

A atriz da novela “Geração Brasil”, da Globo, foi fotografada nessa sexta-feira (19) durante um almoço num shopping centeR carioca com a cobiçada peça em ouro amarelo 18k.

 LEIA AQUI TODAS AS NOTÍCIAS DE MODA


Perfumes para o dia a dia

Marcela Zanetti

Perfumes para o dia a dia devem ser escolhidos com cuidado, para não intoxicar ninguém. Veja as sugestões de experts

Quem nunca foi vítima de um elevador empesteado de perfume logo pela manhã? É fácil errar a mão na hora de aplicar a fragrância pela manhã, e mais fácil ainda errar na hora de escolher o cheiro ideal para cada momento.

No frio, ainda dá para perdoar o uso de um perfume intenso durante o dia. Mas com a primavera chegando e as temperatura em ascensão, é mais adequado escolher fragrâncias leves. Uma ideia é apegar-se aos perfumes com base de ervas aromáticas. “Lavanda e alecrim são ótimas notas para o dia a dia”, sugere a especialista em perfumes Renata Ashcar.

VEJA OS PERFUMES PARA O DIA A DIA INDICADOS PELAS ESPECIALISTAS

Perfumes para o dia a dia devem ser mais suaves. Veja as fragrâncias selecionadas pelas experts

Perfumes para o dia a dia devem ser mais suaves. Veja as fragrâncias selecionadas pelas experts

Foto: Thinkstock/Getty Images

Love Yourself, da Benetton, tem notas de damasco, framboesa e bergamota l R$ 69 (50 ml)

Love Yourself, da Benetton, tem notas de damasco, framboesa e bergamota l R$ 69 (50 ml)

Foto: Divulgação

No Ange ou Démon Le Secret, da Givenchy, destacam-se as notas de jasmin, peônia e sambac l R$ 209 (30ml)

No Ange ou Démon Le Secret, da Givenchy, destacam-se as notas de jasmin, peônia e sambac l R$ 209 (30ml)

Foto: Divulgação

Repetto Eau de Parfum, da Repetto, dá destaque as notas de ameixa e flor de cerejeira l R$ 359 (80ml)

Repetto Eau de Parfum, da Repetto, dá destaque as notas de ameixa e flor de cerejeira l R$ 359 (80ml)

Foto: Divulgação

JLove, de Jennifer Lopez, apresenta traços de framboesa, tangerina e orquídea de coco l R$ 99 (30ml)

JLove, de Jennifer Lopez, apresenta traços de framboesa, tangerina e orquídea de coco l R$ 99 (30ml)

Foto: Divulgação

Lady Lily, de O Boticário, conta com laranja e mandarina entre suas notas principais l R$ 160 (75ml)

Lady Lily, de O Boticário, conta com laranja e mandarina entre suas notas principais l R$ 160 (75ml)

Foto: Divulgação

O Cabotine, da Grés, apresenta chipre floral com notas de groselha preta e pêssego l R$ 240 (100ml)

O Cabotine, da Grés, apresenta chipre floral com notas de groselha preta e pêssego l R$ 240 (100ml)

Foto: Divulgação

La Vie Est Belle, da Lâncome, mistura notas de jasmin, íris pallida e flor de laranjeira l R$ 309 (50ml)

La Vie Est Belle, da Lâncome, mistura notas de jasmin, íris pallida e flor de laranjeira l R$ 309 (50ml)

Foto: Divulgação

O perfume Royal Marina, da Princesa Marina de Bourbon, têm notas de açaí e jasmin l R$ 204 (50 ml)

O perfume Royal Marina, da Princesa Marina de Bourbon, têm notas de açaí e jasmin l R$ 204 (50 ml)

Foto: Divulgação

O Karl Lagerfeld Eau de Parfum, tem notas de cabeça lima e pêssego em sua composição l R$ 259 (45ml)

O Karl Lagerfeld Eau de Parfum, tem notas de cabeça lima e pêssego em sua composição l R$ 259 (45ml)

Foto: Divulgação

Surreal Ocean, da Avon, tem coral marinho e mandarina como notas de saída l R$ 49,99 (100ml)

Surreal Ocean, da Avon, tem coral marinho e mandarina como notas de saída l R$ 49,99 (100ml)

Foto: Divulgação


Uma opção são as que remetem às frutas cítricas. “Laranja, bergamota ou limão são fragrâncias que evaporam mais rapidamente”, diz Renata.

Vale também apostar em perfumes que combinam flores e frutos. “A brasileira gosta muito dos cítricos frutados”, afirma Andreia Mirón, professora de cosmetologia da faculdade Santa Marcelina. “Os perfumes lactónicos (com notas derivadas do leite) e de pêssego também entram nessa categoria”.

Leia também
Seleção de perfumes para seduzir
O poder das flores na beleza
Linda como celebridade em qualquer idade

ONDE ENCONTRAR
Avon: 0800 708 2866
Benetton: 0800 704 3440
JLOVE (Época Cosméticos): (21) 3202 7555
Lâncome: www.lancome.com.br
Marina de Bourbon: 0800 163 434
O Boticário: 0800 41 3011
Repetto: (11) 4873 5620
Givenchy, Grés, Karl Lagerfeld: www.sephora.com.br


Pesquisa desafia ideia comum de que mulher bonita vende qualquer coisa

iG São Paulo

Estudo asiático indica que exposição a imagens de mulheres sexy torna os homens menos conectados com os outros e menos propensos a atitudes solidárias

O que uma mulher sexy tem a ver com caridade? Pois para os pesquisadores do comportamento humano de duas universidades asiáticas, as duas coisas estão intimamente ligadas quando o objetivo é vender.

Então, o que acontece quando imagens de mulheres sensuais são usadas para atrair a atenção dos homens para um produto? De acordo com o estudo publicado no periódico científico Journal of Consumer Research, ao serem expostos a esse tipo de conteúdo, os consumidores do sexo masculino se sentem menos conectados com outras pessoas e, pasmem, são menos propensos a comprar produtos anunciados como benéficos aos outros, ou a fazer contribuições de caridade.

“Imagens de mulheres sensuais são onipresentes na sociedade moderna e muito utilizadas na publicidade. Nosso foco principal é mostrar como a exposição a imagens de mulheres sensuais pode diminuir temporariamente senso de conexão psicológica com os outros, no consumidor do sexo masculino”, apontaram os autores Xiuping Li, da Universidade Nacional de Singapura, e Meng Zhang, da Universidade Chinesa de Hong Kong.

Em uma série de estudos envolvendo homens com idades entre 18 e 24 anos, os participantes foram expostos a fotos de mulheres sexy, a imagens de paisagens, ou não foram expostos a imagem alguma. Os homens que viram as fotos de mulheres sensuais focaram mais em como provavelmente se sentiam os corpos das mulheres (cansados, animados, sonolentos, ou entediados) e menos em seus papéis sociais e em que tipo de pessoas elas eram (inteligentes, agradáveis, solidárias, etc.)

Os participantes que viram as fotos de mulheres sensuais se viam como tendo menos coisas em comum com outras pessoas e também sentiram uma forte desconexão si e os outros, o que os tornou menos propensos a ver um produto favoravelmente quando ele era anunciado como tendo benefícios para outras pessoas. Esses homens também foram menos propensos a se comportar de forma caridosa.

Em um estudo, homens que viram as imagens de mulheres sexy foram menos dispostos a dar 10 dólares a outra pessoa (independentemente se essa pessoa era do sexo masculino ou feminino) e também foram menos propensos a apoiar uma causa de proteção da vida selvagem com a compra e o uso de uma camiseta que promovia a proteção de espécies ameaçadas de extinção.

“Implicações importantes podem ser tiradas a partir de nossos resultados. Por exemplo, instituições de caridade que vivem de doações e marcas que vendem produtos ecológicos podem querer repensar o uso de anúncios ricos em estímulos sexuais visuais nos meios de comunicação (como revistas masculinas populares ou talk shows que passam tarde da noite na TV), pois essas estratégias podem sair pela culatra”, apontaram os autores.

Leia mais no Delas


Problemas relacionados à postura podem aparecer antes de engatinhar

Giovanna Tavares

Orientação dos pais é fundamental para que os filhos percebam a má postura e tenham hábitos mais saudáveis. Veja situações que merecem atenção e quando procurar o médico

Tensão muscular e reclamações de dores nas costas, no pescoço e na nuca podem indicar problemas importantes. Para evitar que essas dores se agravem no futuro e comprometam o desenvolvimento saudável das crianças, é importante que os pais fiquem atentos à postura delas desde o primeiro engatinhar, já que é na infância que a estrutura óssea irá se desenvolver mais.

“Quando falamos de criança, ela pode desenvolver um problema desde o momento do nascimento. O parto força a coluna cervical barbaramente. Ela terá mais probabilidade de problemas de coluna se tiver passado por uma cesárea ou por um nascimento com dificuldade”, afirma Flávio Calixto, especialista em chiropatia e coordenador do Instituto Brasileiro de Coluna.

Ainda na primeira infância, podem surgir mais sinais de alerta. Se o bebê se recusa a engatinhar ou tem dificuldades de coordenar movimentos das pernas e das mãos ao mesmo tempo, optando por engatinhar com o bumbum, por exemplo, é preciso ficar atento. A criança pode estagnar nesse movimento durante alguns meses e não apresentar evolução. Se isso ocorre, é preciso buscar orientação médica. Pode ter havido alguma microlesão nos membros envolvidos no movimento de engatinhar, o que impediria o bebê de se movimentar por conta própria.

Leia também:
Postura perfeita na cama
Como a postura influencia sua personalidade

“Se a criança reclama de dor nos pés ou nos joelhos depois de andar um pouco, a mãe precisa prestar atenção e não levar tudo como se fosse só manha infantil. Pode ser problema de pé chato, joelho encurvado, uma perninha menor que a outra ou demais desvios comuns por volta dos dois ou três anos de idade. Eles podem ser corrigidos com o crescimento da criança. Se a queixa é contínua, aconselhamos que os pais busquem um especialista”, afirma Denise Bedoni, pediatra da ClinKids e do Hospital Leforte.

Costas eretas

Segundo Flávio Calixto, uma condição que pode agravar os problemas de postura entre as crianças é o sedentarismo. Familiarizar os pequenos com alguma atividade física prazerosa desde cedo, como natação, futebol ou uma recreação comum, como aulas de educação física, é uma maneira de fortalecer a musculatura do corpo, prevenindo a má postura.

“Na escola e nas aulas de recreação, a gente pode perceber algumas situações, como falta de coordenação motora, pés tortos, algum desvio na coluna e aí passamos para o pediatra, que irá pedir algum tratamento específico para aquela criança”, explica o educador físico Marcelo Mancini. Para ele, faz parte da infância poder pular, correr, brincar e se machucar, por isso os pais precisam incentivar a liberdade dos filhos.

Embora o ideal seja que as crianças estejam em movimento a maior parte do tempo, não há como privá-las de atividades que requerem pouco exercício físico, como ver televisão, jogar videogame e ficar no computador – principalmente se elas estiverem chegando à adolescência, período em que estar conectado o tempo todo é extremamente comum.

Não é necessário proibi-las, mas os pais precisam ter um controle das horas que as crianças dedicam a essas atividades.

“Se o adulto deixar a criança o dia inteiro lá no computador ou no videogame, sem se importar, os problemas de postura vão surgir naturalmente, até pela posição em que ela precisa ficar para conseguir jogar”, observa Marcelo.

Veja ainda:
Atividade física: formas divertidas de envolver as crianças
A atividade física ideal de acordo com a idade da criança

Estimular que os filhos mantenham as costas eretas durante esse período em que estão parados, como na hora de estudar ou de mexer no computador, é outra maneira de prevenir as dores nas costas e a má formação da coluna, que pode evoluir, na fase adulta, para problemas como a escoliose, cifose ou lordose.

“A gente percebe que muitos adolescentes preferem fazer a tarefa de casa na cama, mexer no computador ou no tablet quando estão deitados, situações que favorecem a posição anômala da coluna. Os pais devem orientá-los para que eles se sentem numa posição ereta, com a posição do monitor acompanhando a altura dos ombros. Senão, a criança adquire o hábito de ficar encurvada e é muito mais doloroso mudar isso lá na frente”, pontua Denise Bedoni.

As mochilas que as crianças carregam para ir à escola também merecem atenção. A dica da especialista Denise é que os pais busquem alternativas para diminuir o peso das malas, com a opção por cadernos com duas ou mais disciplinas e a distribuição correta deles ao longo da semana.

“Outro hábito que deve ser cortado pelos pais é o de usar apenas uma das alças da mochila, que acaba forçando o desvio da coluna com o tempo”, ressalta ela.

Continue lendo:
Como escolher a mochila certa para o seu filho
Pais ainda ignoram o problema das mochilas pesadas


40 coisas sobre sexo que você precisa saber antes dos 40

40 coisas sobre sexo que voce precisa saber antes dos 40 40 coisas sobre sexo que você precisa saber antes dos 40

Foto: Thinkstock

Aos 40 anos, o sexo não só está muito presente na vida das mulheres como tem tendência a ser cada vez melhor. É o que dizem algumas pesquisas que mostram que quanto mais maduras, melhor é a qualidade do sexo para as mulheres, e ainda que nos 40 anos, provavelmente estamos no auge.

[dicas_ads]

Esta tende a ser uma fase de maior estabilidade financeira, dos filhos ficando mais velhos, e consequentemente, aliviando o peso das cobranças da vida. Além disso, a experiência é a melhor maneira de aprender sobre sexo e de se ganhar cada vez mais confiança em si mesma. Fisicamente, a libido aumenta, assim como a frequência do orgasmo.

”Sexualmente, a mulher de quarenta é bem resolvida pois já conta com uma gama de experiências que deram certo e que deram errado, sabe das suas metas e conhece seus limites. É comum vermos um riso mais espontâneo, uma sedução mais refinada e livre. O sexo é mais gostoso aos quarenta” revela Nalini Narayan, autora do livro “As aventuras sexuais de Nalini N”.

Já a psicóloga Virgínia Ferreira, professora da Faculdade de Medicina de Petrópolis, destaca que, no que diz respeito à sexualidade aos 40, a realidade já mudou muito ao longo do tempo: “Se em séculos anteriores homens e mulheres eram considerados velhos nessa idade, hoje, no século XXI, aos 40 ou 50 anos, as pessoas são vistas como no auge da maturidade, da beleza, da produtividade e da sexualidade”.

As previsões só indicam coisas ótimas na vida sexual da mulher aos 40. Então que tal aproveitar tudo o que você tem direito?

  1. Saber se masturbar
  2. Ter orgasmo se masturbando
  3. O clitóris não envelhece
  4. Conhecer seu corpo com ninguém
  5. Fazer sexo casual
  6. Fazer compras no ‘sexshop’
  7. Sexo com outra mulher
  8. Viver um relacionamento aberto
  9. Viver um relacionamento romântico
  10. Fazer swing
  11. Sexo selvagem
  12. Fazer amor
  13. Assistir filme pornô
  14. Sexo oral
  15. Sexo anal
  16. Esquecer seus problemas durante o sexo
  17. Falar o que te agrada na cama
  18. Se permitir tudo o que quiser do sexo
  19. Estudar sobre sexo
  20. Focar no seu prazer
  21. Viagem romântica
  22. Que os homens não estão sempre a fim de transar
  23. Fazer ‘striptease’
  24. Saber se valorizar
  25. Que os homens não estão procurando seus defeitos
  26. Que eles também ficam inseguros
  27. Nunca é tarde para experimentar
  28. Tomar a iniciativa
  29. Você não é sempre a culpada dele não estar a fim
  30. Depilação é importante (mas nem sempre)
  31. Demonstrar seu prazer
  32. Saber comandar o sexo
  33. Mulher por cima é a posição mais citada pelas mulheres como a que mais dá prazer
  34. E a dos homens é a posição ‘cachorrinho’ ou ‘de quatro’
  35. Dar uma rapidinha
  36. Falar coisas quentes no ouvido
  37. O melhor anticoncepcional para você
  38. Fazer sexo em local proibido
  39. Cuidar de sua saúde íntima
  40. Saber que ainda tem muito mais pela frente!

O post 40 coisas sobre sexo que você precisa saber antes dos 40 apareceu primeiro em Dicas de Mulher.

Mulheres dispensam as perucas e posam nuas para calendário

Essa é daquelas campanhas que fazem a gente olhar para dentro e pensar no que estamos fazendo e o que estamos pensando da vida.

A fim de desafiar o retrato da mulher ideal e o padrão de beleza feminino imposto pela sociedade, a organização britânica sem fins lucrativos Pretty Bald inovou e lançou, na edição de 2015 para o seu calendário, um ensaio fotográfico sensual de doze modelos com alopecia.

A sessão de fotos contraria a percepção de beleza ao trazer mulheres que não possuem sequer um fio de cabelo na cabeça, seja por terem passado por tratamento contra o câncer, alopecia, ou outras doenças.
Para quem não sabe, Alopecia é uma doença considerada autoimune, caracterizada pela repentina perda dos cabelos. Pode levar à perda total de cabelo.

O objetivo da ação é sensibilizar a sociedade sobre a doença, realçar a beleza de quem é portador, além de arrecadar fundos para a organização.

Victoria Short, 25 anos, uma das organizadoras do movimento, convive com a doença há três anos. Ela disse que a aceitação e o apoio de amigos e familiares são fundamentais: “Estou confortável em minha própria pele e sou aberta em relação à alopecia, principalmente porque tenho pessoas fantásticas que me dão apoio”, contou ao jornal Daily Mail.

A iniciativa do projeto nasceu em um momento de loucura. Em um dia de tristeza para Victoria, surgiu a ideia de aumentar a conscientização sobre o problema e mostrar que mesmo sem cabelos as mulheres permanecem belas.

Através da coragem e superação dessas mulheres, percebemos o quanto os padrões de beleza contemporâneos são extremamente cruéis, não só para as mulheres, mas para todos. Nos vemos com uma gritante distorção da realidade. Ficamos amargurados por coisas que apenas nós estamos vendo. Na maioria dos casos, essa baixa autoestima, não é só um problema que se resolve em dias que estamos nos sentindo melhor. Mesmo sem perceber, esse conflito interior reflete em diversos aspectos da vida. Você provavelmente já deve ter dito aquela velha frase clichê: “Eu não achava ela bonita, mas depois que conheci, passei a achar”. O que te fez mudar de ideia? Muito provavelmente o que te fez repensar foi conhecer a pessoa e, pode parecer bobeira, mas além dos produtos de beleza, roupas e acessórios da moda, há várias coisas que fazem de você uma pessoa mais bonita. Você pode até não perceber, mas os outros veem e te admiram por isso.

As fotos de divulgação ficaram a cargo da Grosby Group, confira:

mulheres cancer 01 mulheres cancer 02 mulheres cancer 03 mulheres cancer 04 O calendário pode ser adquirido pelo site da Pretty Bald por cerca de 40 reais.

Via: http://prettybald.co.uk/

The post Mulheres dispensam as perucas e posam nuas para calendário appeared first on Blog Plugcitários.

Ana Beatriz Barros, Thaila Ayala e outras famosas no gala do BrazilFoundation

iG São Paulo

As famosas arrasaram no tapete vermelho da 12ª edição do baile realizado em Nova York nessa quinta-feira (18)

                         LEIA AQUI TODAS AS NOTÍCIAS DE MODA



Como reunir os amigos do seu filho em casa

Ana Domingues

Veja quais atividades você pode sugerir para a turma e torne o momento prazeroso e divertido

Antes mesmo de irem para a escolinha, os pequenos já começam a fazer amigos. Ter a sua turminha é fundamental para que a criança aprenda a desenvolver o afeto fora do círculo familiar. É brincando com outras crianças que ele vai aprender a se sociabilizar e a respeitar as diferenças, dentro de tantos outros benefícios, como o respeito de regras, desenvolvimento do raciocínio lógico e menos risco de sofrer depressão no futuro.

Para aumentar a autoestima e o bem-estar dos filhos, os pais devem assumir a tarefa de estimular essa interação entre os pequenos – e para isso, nada melhor do que promover um encontro da criançada em casa.

Organizar uma manhã ou tarde para receber o grupo de amigos da criança pode ser feito a partir dos três anos de idade, como afirma Andreia Mataresi, professora do curso de Psicologia da Universidade Anhanguera de São Paulo. “Nessa idade, a criança já começa a entender o mundo além de sua família. Mas é imprescindível a presença de um responsável, pois pode significar a segurança psicológica que ela precisa para brincar com qualidade ”, diz. À medida que eles forem crescendo a necessidade de estar junto dos pais diminui.

Como organizar a reunião com a garotada

Antes de convidar a turma, planeje primeiro. Pense na data, o que oferecer, atividades para animá-los e, principalmente, quantas crianças serão convidadas. “Um adulto sozinho nunca vai conseguir olhar com cuidado para um grande número de crianças pequenas”, explica a educadora. Pense sempre que o bem-estar de todas as crianças deve ser prioridade.

O convite deve ser feito aos pais, e no caso de você não ter o contato deles use a criatividade. Andrea Domingues é mãe de duas crianças, e frequentemente prepara encontros entre as turmas. “Quando não tenho o telefone dos pais eu envio um bilhete a eles com o meu telefone, dizendo que gostaria de convidar a criança para um lanche da tarde”, conta. Assim, além de estreitar a relação entre os amigos dos filhos, você aproveita para fazer novas amizades.

Leia mais:
A importância das brincadeiras em família
12 técnicas de pintura para crianças
40 brincadeiras ao ar livre


Esse contato é fundamental para que você defina o que servir de lanche, por exemplo. Algumas crianças podem ser alérgicas a algum tipo de alimento ou precisar de uma atenção na hora de comer. Confirme tudo com os pais e depois prepare o cardápio de acordo com o gosto da garotada.

Caso você se depare com manhas e birras, mantenha a calma. “Toda vez que for dizer não, explique o motivo com firmeza, calma e gentileza. Falar alto com uma criança para que ela não grite gera mais confusão e mostra que o mais forte pode usar desta ferramenta”, orienta Andreia Mataresi.

O que fazer na hora da festa

- Invente temas para os encontros, como o “dia dos meninos”, “sexta do hot dog”,”sessão de cinema”, entre outros. Isso pode deixar a ocasião ainda mais divertida para eles.

- Promova uma peça de teatro e deixe à disposição fantasias, caixas de papelão e tecidos para eles criarem seus personagens e cenários.

- Ofereça papel e lápis de cor para eles desenharem: crianças adoram essa atividade.

- Jogos de tabuleiro e brincadeiras no quintal são perfeitas. Eles vão gastar muita energia e não ficarão entediados.

- Registre o momento com várias fotos e envie para os pais no dia seguinte. Eles vão confirmar o quanto os filhos adoraram a reunião.


Página 1 de 14712345678...203040...Última »